a Confederação é um coletivo de investigação teatral fundado no Porto (Portugal) a 10 de Julho de 2010. No seu campo de ação distinguem-se quatro áreas: Criação, Investigação, Formação e Programação. Os espetáculos de proximidade, com uma dramaturgia própria, em torno das formas populares de Teatro, habitam o centro nevrálgico da sua criação e pensamento teatrais. É na sequência destes trabalhos de criação que urgem os projetos de investigação, que para além da incidência nas formas populares de Teatro, apresentam uma forte ligação entre o Teatro e as Imagens em Movimento. Ainda integrada nesta área de Investigação, a Confederação criou em 2013 a coleção “Cadernos Hestóricos”, na qual organiza, edita e devolve ao mundo em forma livresca parte dos seus objetos de investigação.

 

Em 2014 cria o projecto de formação Officina(s). Palavra de origem latina, que significa - oficina, fábrica, escola - tendo o mesmo étimo de officium (trabalho, tarefa, função), termo este formado por opus (obra) e facere (fazer). Estas Officina(s) de curta e média duração servem como campo de experimentação e criação de novas formas e técnicas pedagógicas relacionadas com o fazer Teatral.

 

Desde a sua fundação, e em colaboração com vários parceiros nacionais e internacionais, a Confederação tem programado Teatro e Cinema, sendo a quase totalidade desta programação associada aos processos de investigação desenvolvidos pela companhia. Data de 2010 o início  da colaboração com o Grupo Musical de Miragaia, onde desde então se mantém a sua sede. Entre 2013-2016, a Confederação colabora com o CCOP, associação centenária da cidade do Porto, programando no seu Salão de Festas. Em Janeiro de 2017, retoma os trabalhos de criação, investigação, formação e programação em Miragaia.

 

Porto, 1 Janeiro 2017

Eurico, o refinador

Confederação
Apresentação

© 2019  Confederação – colectivo de investigação teatral