Ciclos de Cinema

Ver também:
 

Caderno Hestórico
Herzog-Kinski: Queridos Inimigos
Serigrafia:
Herzog-Kinski: Queridos Inimigos
Ciclo de Cinema:
5 documentários de Werner Herzog
Mostrar Mais
Herzog-Kinski: Queridos Inimigos

1/8

[excerto do texto de introdução ao Cadernos Hestórico volume 2] 
 

"Nesta programação apresentamos 8 obras em 7 sessões, onde poderemos ver/sentir esta relação furiosa, densa e transcendental dos seus Seres, acima de tudo Criadores. Começando por uma primeira sessão dupla documental onde projectamos Werner Herzog Filmemacher, e O meu melhor inimigo ambos realizados por Herzog. No primeiro, autobiográfico, ele fala-nos da sua obra, documento necessário para melhor percebermos os filmes posteriormente projectados neste ciclo, e o segundo, onde nos fala em jeito de homenagem do seu companheiro de route, Klaus Kinski. 

“Sinto-me satisfeito por ter decidido fazer o filme muitos anos depois da morte de Kinski, quando o turbilhão amainara e a minha amargura desaparecera. Agora olho para as situações absurdas com humor e é maravilhoso ver o filme com uma audiência… Há muito humor no filme e algumas das situações são tão absurdas que tudo o que nos resta é rir. O humor com que olho para nós os dois é algo de novo, algo que apenas se tornou possível devido ao mistério do tempo. A passagem do tempo muda muito as coisas. Não é um filme sobre o Kinski nem um filme sobre mim, é um filme sobre uma relação, sobre uma colaboração artística muito pronunciada, quase perigosa. Foi em muitos sentidos um paradigma do nosso processo criativo, tão intenso que – enquanto trabalhávamos – já tinha pensado em transpô-lo para filme.” (W.H)

Seguidamente projectamos em 5 sessões, organizadas de modo cronológico, os filmes que firmaram o encontro Herzog- Kinski e que acima referencio.
Finalizamos este encontro com o filme Paganini (1988) com argumento e realização de Klaus Kinski a partir da vida do violinista Niccolò Paganini, que habitou uma Europa do séc. XIX, e que o Polaco acreditava que um século depois ele mesmo terá vivenciado as mesmas experiências extremadas do lendário Italiano. Um filme de reduzidos diálogos e filmado na quase totalidade com luz natural, apresenta-se-nos como uma despedida explosiva de uma personalidade megalómana, auto-indulgente, selvagem, niilista e impenetrável."

Estreia

16 a 21 de Julho 2013 , Salão de Festas do CCOP (Porto)

Programação

15 Julho 2013 || 21h30

Werner Herzog Filmemacher(1986), de Werner Herzog

O Meu Melhor Inimigo (1999), de Werner Herzog

16 Julho 2013 || 21h30

Aguirre O Aventureiro (1972), de Werner Herzog

17 Julho 2013 || 21h30

Nosferatu, O Fantasma da Noite (1979), de Werner Herzog

18 Julho 2013 || 21h30

Woyzec, O Soldado Atraiçoado (1979), de Werner Herzog

19 Julho 2013 || 21h30

Fitzcarraldo (1982), de Werner Herzog

20 Julho 2013 || 21h30

Cobra Verde (1987), de Werner Herzog

21 Julho 2013 || 21h30

Paganini (1989), de Werner Herzog

Ficha Técnica

Programação · Confederação e Cineclube de Joane

Cartaz · uma serigrafia da dupla Von Calhau!

Apoio  · Goethe Institut Portugal

© 2019  Confederação – colectivo de investigação teatral